Carregando o “Mundo nas Costas”

Muitas vezes usamos esta expressão: “sinto que estou carregando o mundo nas costas”. A sensação física pode ser de peso nos ombros, dores de cabeça, tensões pelo corpo todo, aperto no peito, contração das mandíbulas, dentre outras. Sentimos que precisamos fazer algo, mas não sabemos exatamente o quê; preocupamo-nos, ou melhor, ocupamos nossos pensamentos com problemas de outras pessoas ou com possibilidades irreais futuras.

Como se pudéssemos resolver todos os equívocos do mundo, ou de nossa família, como se tudo o que acreditamos fosse certo e a melhor resposta para as questões alheias.

Sim, isto realmente é muito pesado, e por vezes jogamos a responsabilidade na Vida, como se ela fosse muito cruel. No entanto é possível deixar este local de vítima e assumir a verdadeira responsabilidade pelos próprios atos, pensamentos e sensações.

Reconhecendo a sim mesmo, experimentando dizer internamente: “Assim eu Sou, com minhas qualidades e fragilidades”. Pare um pouquinho agora, sinta esta frase ecoando dentro de você e observe a sensação no seu corpo. Neste local de aceitação, tudo fica mais leve.

Trata-se do local pessoal, onde basta simplesmente SER. Um refúgio aconchegante, cheio de plenitude e vitalidade! Faço o convite para que visualize a imagem do seu local... Árvores, flores, o céu, o chão, se há rio, mar... Como são as cores, os sons, as sensações... Como é estar aí?

Este exercício abre as portas para voltarmos em contato com nossa essência, percebendo também mudanças no nosso corpo.

Quando me dou conta de quem eu Sou, e qual é o meu Local neste mundo; percebo o Outro e o respeito, do jeito que É, com suas limitações e potencialidades. Assim devolvo a ele a responsabilidade pela parte que lhe cabe. Confio na verdade dele, como confio na minha verdade.

Desta maneira podemos “tirar” voluntariamente o peso das costas, deixando-o ir... Talvez precisemos de uma ajuda terapêutica. O que importa é a decisão de seguir no sentido da

leveza!

Laís Gervásio

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que você rejeita é a cura da sua ansiedade.

Rejeição gera anestesia. Anestesia gera ansiedade. Não é sobre se sentir rejeitada na infância. É sobre quando EU REJEITO uma parte de mim mesma. Você provavelmente JÁ FEZ isso quando... - Não queria

Perceba o Momento Presente

Como você está? Como está seu corpo agora?! A resposta comum é - “está bem”, “normal”. Se você respondeu isso, eu insisto: quais SENSAÇÕES você percebe no seu corpo?! “Ah Laís, você quer saber se está

Consultas Online

ou

Presenciais em Florianópolis-SC

Terapeuta

Osteopatia

Constelação Familiar

Experiência Somática

Reiki

Doula

Cel.: (48) 99140 2544

lais@laisgervasio.com.br

  • whatsapp
  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • Branca ícone do YouTube

© 2021 by Laís Gervásio. Proudly created with Wix.com